sexta-feira, 7 de junho de 2013

Musculação, again!

Posts em dia seguidos, parece mentira!

Bem, então esta semana eu tenho estado a esforçar-me por voltar a fazer o meu plano de treino de musculação como fazia antigamenteao,. Tenho feito umas experiências e então decidi dividir assim: 

Segunda: Pernas e glúteo
Terça: Costas e biceps
Quarta: Peito e tricep
Quinta: Pernas e glúteo
Sexta: Ombros e abs
Sábado: Cardio
Domingo: Off

Gosto de treinar assim, são as conjugações que mais gosto. Cardio durante 30 minutos após o treino de musculação, ou uma aula de grupo que também quase nunca excedem os 45 minutos. 

Pequeno almoço de hoje:


Pão 100% integral torrado com queijo cottage, um pêssego e café. Tem sido os meus pequenos-almoços nos últimos dias, só varia a fruta.


Almoço: Ovos mexidos com pimentos, coentros e queijo magro e salada de alface e tomate (usei 2 ovos inteiros mais uma clara). Estes ovos ficaram divinos! Eu adoro ovos de todas as maneiras e feitios e no meu frigorífico, se não há ovos, temos um sério problema porque eu quase todos os dias como ovos. 

Ontem foi dia de treino, mas não de pernas porque não consegui acertar os dias esta semana, se bem me lembro terça não treinei porque tive exame na quarta e na quarta fiz pernas e estava cheia de dores. 

Treino de quinta-feira: 


Musculação costas e bicep + aula de Jump 45' 

Foi uma graaaande aula de Jump apesar das dores horríveis nos glúteos (passados uns 20 minutos já está tudo dormente, não se sente nada eheh)! Adoro este instrutor e cada vez apanho melhor a técnica do Jump. E no final da aula sabe sempre bem ouvir da parte do instrutor um "excelente! excelente treino, Joana!

Agora é hora de oooombros e abs, treino preferido! :)

Beijinhos, fiquem bem! 

quinta-feira, 6 de junho de 2013

A minha verdadeira paixão

Ontem eu tive um dos melhores dias de sempre no ginásio!


Nunca tinha visto este número no meu polar, woow! Mas não foi propriamente por isso que o meu treino foi um dos melhores de sempre. Isto foi só uma consequência disso. Foi dia de peeernas e cardioooo! 

Treino: cardio 30' step + treino de pernas + cardio eliptica + aula de Step básico 45'

Eu não parei de pingar um único segundo, juro por tudo. Foi dia de dar especial atenção aos quadriceps e ao glúteo, e eu matei-os mesmo. Era daqueles dias que eu podia ficar lá horas e horas, que ninguém me tirava dali. Esforcei-me ao máximo em todos os exercícios. Até fiz aquelas caretas mesmo feias. Quando acabei o step faltavam-me 6 calorias, portanto, dei uns pulinhos (não se riam) e tchanaaan, o número tão desejado.

Eu sei que quando estou mais chateada com alguma coisa, os treinos no ginásio acabam sempre por ser melhores. Para algumas pessoas é o contrário, não conseguem treinar com problemas na cabeça. E eu estava frustrada, digamos, com uma nota que recebi a uma cadeira da faculdade. A nota foi boa, mas eu esperava mais, eu esforcei-me para esta cadeira e foi das matérias que mais gostei de dar em todo o curso... esperava uma nota muito boa! E isto foi a "gota de água" para a frustração que eu já andava a sentir com as minhas notas. Elas não são más, este semestre até têm estado a ser boas, mas lá está, eu esforço-me para muito mais e não obtenho os resultados que quero. É frustrante, desmotivador...
Estúpido ou não, fútil ou não, quando vou ao ginásio eu dou o meu melhor para compensar essa frustração, entendem? Eu sinto que ali... a minha dedicação vai dar resultados, porque isto é aquilo que eu gosto. Quando eu me dedico em tudo, alimentação e treinos, eu sei que eu consigo e faz-me sentir bem. E não pensem que eu também já não tive fases em que sentia que por muito que me esforçasse, não tinha resultados. Mas às vezes já não sei se o faço porque quero os resultados (claro que sim!) ou se é porque eu sou apaixonada por treinar. Porque nos treinos eu sou paciente, quase nunca desmotivo, posso não gostar de me ver ao espelho num dia mas o meu pensamento é "faz mais e melhor e os resultados chegam, Joana!" Eu sei ser paciente... eu levo como uma aprendizagem, juro mesmo.

Não é que eu não goste do meu curso, mas paixão... eu não tenho. Aquela paixão que me dá força para superar as dificuldades todas. Isso eu sinto pelo desporto. Quem olha para mim, nunca na vida diria que se eu pudesse, era essa a vida que eu escolhia para mim. Independentemente de tudo, é esta a minha paixão e era nisso que eu queria ajudar os outros. É nesta vida que eu sinto que pertenço. Foi isso que eu senti ontem...

Eu precisava de dizer isto, desculpem o desabafo! 
Amanhã mostro fotos das comidinhas da semana. Beijinhos a todos *